quarta-feira, março 29, 2006

Caminhada em Abril - Linha do Douro

Irmãos Papacotas:

Sinto que já estão todos enferrujados. Quinze dias passaram desde a ultima caminhada e as saudades começam a apertar. Proponho que no dia 21 de Abril (6ª feira) partamos para Vila Nova de Foz-Côa, aí pelas 20H00 e pernoitemos na Pousada de Juventude da terra (boas condições). Depois pela manhazinha do dia 22, levamos os carros até Castelo Melhor (aldeia a 12 Km), deixámo-los lá e regressamos noutro até VN FC. Partimos a pé até à estação de caminho-de-ferro do Pocinho (7 Km) e iniciamos aí um percurso pela linha férrea do Douro, desactivada, até Castelo Melhor - apeadeiro (13 Km) e depois até aos carros por caminho (3 Km). Esta caminhada perfaz um total de, aproximadamente, 23 Km. Dizem que é deslumbrante a paisagem. Marcamos um jantarinho na Pousada (à volta de 6 euros - pessoa), tomamos o banhito (agora mais a seco, espero eu) e regressamos ao aconchego do lar pela noitinha.

Digam qualquer coisa rápido, porque é preciso reservar a Pousada para a pernoita. Abraço a todos.

12 comentários:

ratodocampo disse...

OK. Logo que possa colocarei o mapa do percurso para o pessoal melhor vislumbrar a situação.

ratodocampo disse...

Podem fazer as reservas da pousada ou confirmar a presença para o telefone do homemdacorda ou para o email do blogue (novidade):
papacotas@gmail.com

E rapidinho, os interessados são mais que muitos!

Zeca_Galo disse...

Olá caminheiros.

A proposta apresentada parece-me boa. Tenho que submeter a aprovação do "galinheiro", mas tenho algumas dificuldades de horário - às sextas tenho que "dar uma" até às 21h, pelo que, dificilmente estarei às 20h em VMFCôa. Por certo aproveitaremos para festejar o 23ABR1989. Já agora: "onde é que estavas no 23ABR?".
Eventualmente marcarei para a noite seguinte e então para além do banho (que pelos vistos tornou-se obrigatório - 5 € ou 7,5 €, isto agora não interessa ...) terei direito a dormida, ou não !!!.
Sintra, Candeiros,Garrafão (onde é que eu já vi), Atlas (Marrocos ou Tunísia) - desculpa lá ò Argelino, ou Cape Town - table montain, o que é preciso é planear, para caminhar e por isso, toca a amealhar..., ou arranjar patriocínios, ex: "salsicha Mostarda, a melhor para a caminhada", .. Pensem nisso.

Saudações caminheiras.

O aldeona e o "pássaro ..." não canta, ou está a voar ?

argelino disse...

Ó Zeca_Galo, não eh pra estar ás 20.00 H em VNFC! É pra sair ás 20.00H de sexta. Andas estressado!

aldeona disse...

Queridos Papacotas,
É com profundo pesar que informo que não me será possível ir a esta deliciosa caminhada pois os meus dois rebentos irão representar nesse dia. Pelo menos é o que está programado. Caso haja alguma alteração infomar-vos-ei.
Triste e com saudades...

Beijocas para todos

Esta aldeona sempre ao dispor

aldeona disse...

Ó zeca galo o pássaro está em terra mas está sem pio... mas qualquer dia ouvirás o seu canto tão belo que é qual golfinho em terra.

Beijocas papacotas
Até sempre

Menacom disse...

olá hoje vou deixar umas propostas de passeios citadinos...
A partir do dia 8 de Abril haverá Passeios da Primavera a percorrer as ruas do Porto, com quatro percursos e dois guias
Os passeios têm início às 10h00. A participação é gratuita mediante inscrição prévia (30participantes) pelo telefone 223393490.
Se alguém quiser conhecer esta bela cidade e um pouco da sua história o programa é o seguinte:
--------
8 de Abril e 22 de Abril - Da Foz ao Rio, Manuela Cambotas
A Foz, verdadeiramente um outro lado da Cidade, começou por ser um couto do Mosteiro de Santo Tirso. Faróis, castelos e jardins são-nos generosamente propostos. Igrejas, capelas e cruzeiros completam um cenário que ainda tem alguma coisa de rural e suburbano, mas que se apresenta, ao mesmo tempo, citadino e trabalhado. São o rio e o mar que se entretecem, entre ondas, rochedos e praias. E as pedras em contraste com o verde dos jardins. A terminar o passeio, o encontro com a obra e a memória de um dos maiores poetas do Porto: Eugénio, a sua derradeira asa, a oliveira dos seus sonhos, todos os seus poemas.
10h00 – Partida - Forte São João da Foz (entrada) – Rua Esplanada do Castelo
Forte de São João da Foz, Rua do Passeio Alegre, Igreja Paroquial de São João da Foz,
11h30 – Pausa (Chalé Suíço) - Jardim do Passeio Alegre, Farol de S. Miguel-o-Anjo,
12h30 – Chegada - Fundação Eugénio de Andrade – Rua Raul Brandão
----
8 de Abril e 20 de Maio - Memórias de um Rei, Giuseppe Mea
Embora a presença, no Porto, do exilado Rei Carlos Alberto da Sardenha tenha sido muito breve, as marcas que deixou no espaço físico e afectivo da Cidade são indeléveis. Partimos do Palacete Balsemão, onde primeiro foi no Porto recebido. Antes, porém, na Sala de Música, ouviremos falar da História de Itália, seguindo, depois, em direcção à Rua do Triunfo (hoje D. Manuel II), onde também viveu. Visitar-se-á, nos Jardins do Palácio de Cristal, a capela evocativa mandada erguer por sua irmã. No final da visita, seremos acolhidos no Museu Romântico, instalado na casa da Quinta da Macieirinha, onde o Rei morreu e se guardam importantes memórias suas.
10h00 - Partida - Palacete dos Viscondes de Balsemão – Praça Carlos Alberto, 71 - Rua D. Manuel II
11H30 - Pausa – Cafetaria do Museu Nacional Soares dos Reis - Jardins do Palácio de Cristal, Capela de Carlos Alberto, Avenida das Tílias, Caminho interior para a Macieirinha
12h00 – Chegada - Museu Romântico da Quinta da Macieirinha
----------
22 de Abril e 27 de Maio - Do Senhor do Bonfim ao Campo Grande, Hélder Pacheco
Zona de oficinas e fábricas, de bairros e ilhas, de quintas e campos, não longe dessa outra pequena urbe dentro da grande cidade que é a Corujeira e do centro oriental de transporte ferroviário que é Campanhã, o Monte do Senhor do Bonfim e Boa Morte era um lugar de peregrinação de fé, mas também de festa.Este percurso tem início na Igreja Paroquial do Bonfim, com entrada no cemitério privativo da irmandade, desce à rua António Carneiro e Av. Camilo, seguindo a Barão de Nova Sintra e Rua do Heroísmo. Após uma breve visita ao edifício do Museu Militar e entrada do cemitério do Prado do Repouso, passaremos pela Rua António Granjo e Casa de Sacais, onde morreu o bispo D. António Barroso. Terminaremos junta à arca de água do Campo 24 de Agosto (Estação do Metro), não sem antes passarmos ao largo do palacete que foi dos Cirnes.
10h00 – Partida - Igreja do Bonfim, Cemitério do Bonfim (cruzeiros góticos), Rua António Carneiro/ Avenida Camilo, Rua Barão de Nova Sintra
11h00 – Pausa - Rua do Heroísmo, Museu Militar/Cemitério Prado do Repouso, Rua António Granjo/Casa de Sacais
12h00 – Chegada - Campo 24 de Agosto/Arca de Água
--------
20 de Maio e 27 de Maio - Da Arrábida a Massarelos, por Júlio Couto
Do Alto da Arrábida descemos até aos três cais – Bicalho, Massarelos, Pedras, por estreitos caminhos e escadas. Defronte, do outro lado do rio, pontuam memórias das fábricas de outrora. Cá em baixo, já na alameda, ainda alguns armazéns, lembrar as grandes pescarias de tempos passados. Mais a memória colorida e ruidosa dos eléctricos. Por fim, a Igreja e a Confraria de Massarelos, por causa do rio, mas sobretudo pelo mar e pelos seus perigos. A evocação da figura do Infante, dos portuenses o primeiro. Ao fundo, unindo as margens, sempre esbelta, a Ponte...
10h00 – Partida - Calçada da Arrábida (junto à paragem dos STCP Travessa de Entrecampos, carreira 31), Via Panorâmica Edgar Cardoso, Rua do Bicalho
11h00 – Pausa - Café Ruby, Rua do Ouro, Rua Fonte de Massarelos, Rua Casal do Pedro, Campo de Rou, Igreja de Massarelos, Cais das Pedras
12h00 – Chegada - Edifício do Frigorífico do Peixe
--------

ratodocampo disse...

Obrigado pela informação menacom, esses passeios podem ser bem interessantes e sempre servem para esticar as pernas.

ratodocampo disse...

Zeca_Galo (este nick muscula os dedos), à velocidade a que o teu bólide se move podes saír do Porto à vontadinha às 10 horas que lá chegarás primeiro do que eu. Reúne lá o galinheiro e apareçam.
Olha lá ... tens que dizer aqui à malta onde fica a serra do garrafão; podemos ir lá fazer umas jornadas gastrocaminhantes!

ratodocampo disse...

Também gostava de ver aqui uns comentários desse tal "golfinho alado"!

homemdacorda disse...

Ena pá, isto está melhor do que nunca. Já está criado o hábito de visitar o "blogue" e teclar. Estou com um problemazito de reservas na Pousada.Eventualmente terei que alterar a data prevista. Dar-vos-ei informações quanto antes...
E tu menacom, diz-me... como tens tempo para teclar tanta coisa??? UHM???
Aldeona??? Aguarda notícias... e diz ao "golfado alinho", perdão ao "golfinho alado" que se mostre pelo texto.

aldeona disse...

Ó Homem da corda, a Mena.com já conhece de certeza a ferramenta "copy-paste" que tanto geito nos dá para copiar coisas da net... ihihih...
o golfinho alado qualquer dia... ainda nos surpreende e bota faladura.
até mais ver...
saudações papacotas para todos.
Esta adeona sempre ao dispor